Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná

(41) 3252.1700

BOLETIM – Delatora da Operação Publicano ganha benefício da prisão domiciliar

Publicado por: Jornalismo | 07 de março de 2017

A Justiça concedeu prisão domiciliar à auditora fiscal Rosângela Semprebom. Ela é irmã do ex-auditor Luiz Antônio de Souza, principal delator da Operação Publicano. A investigação apura um suposto esquema de fraude na Receita Estadual do Paraná. Ela está presa em Londrina, desde maio do ano passado, quando fechou o primeiro acordo de delação premiada, que foi cancelado. A auditora foi acusada de extorquir empresários para não denunciá-los. Agora, ele e o irmão firmaram um novo acordo de delação. Segundo a defesa, a auditora deve ir para casa ainda hoje.